Soluções em Software



Desenvolvimento de Software
Sistemas WEB
Aplicativos Mobile
(app celulares e tablets)

Portais Blogs e Soluções WEB 2.0

Serviços de chat - Webnews Webconteúdo - Quiz - FAQ
Marketing Digital
Mídias sociais
Gestão de conteúdo
Portais de Comercio Eletrônicos
Lojas Virtuais

Gestão Eletrônica de Documentos



Digitalização de Documentos
Grandes Formatos
Guarda Documental
Workflows

Projetos On-Demand



Um projeto com a SUA cara.

O software se adapta as necessidades da sua empresa e não o contrário.



Soluções Tecnológicas
A CACTUS Tecnologia da Informação acredita na liberdade, em qualquer lugar e a qualquer momento, por isso fornece soluções inovadoras que realmente geram resultados nas corporações e na vida das pessoas.
Instagram
Facebook
Contato
BLOG

EVITANDO QUE SE LISTE OS ARQUVOS DE UM DIRETORIO

17/03/2015 por Renato Dantas

crie um arquivo (ou edite se jah existir) na raiz do servidor (pasta www ou public_html ou htdocs) o arquivo .htaccess

dentro dele adicione a seguinte linha

Options -Indexes

envie para o servidor e pronto! já deve estar bloqueado

INTERNAL SERVER ERROR - ERRO 500

21/11/2016 por Renato Dantas


INTERNAL SERVER ERROR - ERRO 500

O código 500 é um status de erro HTTP que indica uma dificuldade de processamento do servidor, a partir de uma incompatibilidade ou configuração incorreta em uma aplicação de um site.

O QUE CAUSA O ERRO 500?

Ele pode ocorrer por alguns motivos específicos, tais como:
Definição de parâmetros de forma incorreta através de um arquivo .htaccess;
Elevado uso de recursos ou timeout;
Permissões de arquivos incorretas (Linux);
Alto número de acessos simultâneos no site;
Erros de regravação de URL e de diretivas PHP.

Por padrão, permissões de diretórios serão 755 e arquivos 644 dentro do ambiente de hospedagem Linux. Em alguns casos, pode acontecer de tentar mudar as permissões dos arquivos e as mesmas não serem alteradas. O motivo é que o arquivo está com outro usuário dono (nobody ou root).

DEIXANDO O APACHE E O MYSQL MAIS RAPIDOS

05/01/2017 por Renato Dantas

NO APACHE VOCE PRECISA CONFIGURAR O ARQUIVO /etc/apache2/mods-enabled/mpm_prefork.conf
NO APACHE 1.X A VARIAVEL SE CHAMAVA MaxClients MAS A PARTIR DA VERSAO 2 SE CHAMA MaxRequestWorkers
TEM QUE LEMBRAR DISSO SE ESTIVER PESQUISANDO ALGO E VER ESSA VARIAVEL ANTIGA


NO DEBIAN PADRAO VEM A SEGUINTE FORMA:


StartServers 5
MinSpareServers 5
MaxSpareServers 10
MaxRequestWorkers 150
MaxConnectionsPerChild 0


NO CENTOS O ARQUIVO É OUTRO. É O /etc/httpd/conf/httpd.conf. NO GODADDY TINHA O SEGUINTE CONTEUDO

# MaxClients: maximum number of server processes allowed to start
# MaxRequestsPerChild: maximum number of requests a server process serves

StartServers 1
MinSpareServers 1
MaxSpareServers 5
ServerLimit 10
MaxClients 10
MaxRequestsPerChild 4000


# worker MPM
# StartServers: initial number of server processes to start
# MaxClients: maximum number of simultaneous client connections
# MinSpareThreads: minimum number of worker threads which are kept spare
# MaxSpareThreads: maximum number of worker threads which are kept spare
# ThreadsPerChild: constant number of worker threads in each server process
# MaxRequestsPerChild: maximum number of requests a server process serves

StartServers 1
MaxClients 10
MinSpareThreads 1
MaxSpareThreads 4
ThreadsPerChild 25
MaxRequestsPerChild 0

FAZENDO O DIRECIONAMENTO DE UM SITE SEM ALTERAR O ENDERECO DO DOMINIO (IFRAMES)

15/04/2016 por Renato Dantas

É SÓ CRIAR UM IFRAME COM 100% DE ALTURA E LARGURA. PODE SE OLHAR O EXEMPLO DA CACTUS.COM/ESTEVAZ QUE DIRECIONA PARA CACTUS.COM/CAICO





::. Inscrição para CREOESTE .::












ACESSANDO UM SITE PELO TELNET

18/05/2016 por Renato Dantas


É comum em um POS precisar se comunicar com um site qualquer através de protocolo de baixo nível.
Vamos demonstrar aqui o uso via telnet:

corisco:~ renatodnts$ telnet 200.98.246.157 80
Trying 200.98.246.157...
Connected to cpweb0032.servidorwebfacil.com.
Escape character is '^]'.
GET /sondagem/pos/exportar.php?u=999 HTTP/1.0
host: cactustecnologia.com

HTTP/1.1 200 OK
Server: nginx
Date: Wed, 18 May 2016 20:28:26 GMT
Content-Type: application/octet-stream
Content-Length: 0
Connection: close


Como vimos o retorno falhou. o que faltou foi adicionar o agente que está fazendo a requisição (user-agent).
Basicamente é onde se informa o browser utilizado. Vamos prencher essa variavel com o nome POS_CACTUS


corisco:~ renatodnts$ telnet 200.98.246.157 80
Trying 200.98.246.157...
Connected to cpweb0032.servidorwebfacil.com.
Escape character is '^]'.
GET /sondagem/pos/importar.php?u=999 HTTP/1.0
host: cactustecnologia.com
user-agent: POS_CACTUS

HTTP/1.1 200 OK
Date: Wed, 18 May 2016 21:50:59 GMT
Content-Type: text/html
Connection: close
Server: Apache
Content-Length: 12

|1CACTUS - |
Connection closed by foreign host.

Agora sim o servidor retornou o conteudo normalmente. Lembrando que isso só costuma acontecer no servidor da UOL (.com)
nos outros servidores (e localmente) não há essa necessidade e mesmo se o user-agent a conexão é estabelecida corretamente.

MUDANDO O DONO DO ARQUIVO E DO GRUPO EM LINUX

26/08/2016 por Renato Dantas


ACONTECEU DE EU GERAR UM ARQUIVO COMO ROOT E O APACHE NAO CONSEGUIR LOCALIZAR ESSE ARQUIVO. NO CASO EU ENTREI
COMO ROOT NO SERVIDOR .COM E GEREI UM ARQUIVO ZIP COM TODOS OS PDF DO SISTEMA. QUANTO TENTEI BAIXAR ESSE ARQUIVO
PELO NAVEGADOR ELE ACUSAVA O ERRO 404.

PARA RESOLVER O PROBLEMA EU PRECISEI MUDAR O GRUPO E O DONO DO ARQUIVO. APROVEITEI E DEI PERMISSAO 777 TAM'BEM

$ chown cactuste edicoes.zip
$ chgrp cactuste edicoes.zip
$ chmod 777 edicoes.zip


A FUNCAO chown ASSIM COMO A chgrp TEM A MESMA ESTRUTURA: chown nome_usuario nome_arquivo. OU ENTAO chgrp nome_usuario -R nome_pasta/


Isso é bastante usado em servidores virtuais do apache que tem vários usuários diferentes. Ao copiar arquivos de um domínio para o outro tem que lembrar sempre de alterar as informações dos arquivo

DIRECIONANDO UM SITE PELO HTACCESS (SEM ALTERAR A URL EM CIMA)

10/11/2016 por Renato Dantas


DirectoryIndex index.php index.html

RewriteEngine On
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^sofiacessorios.com [OR]
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^www.sofiacessorios.com [OR]
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^http://sofiacessorios.com
RewriteRule ^(.*) http://www.cactustecnologia.com/$1 [P]

EVITANDO QUE SE LISTE OS ARQUVOS DE UM DIRETORIO

17/03/2015 por Renato Dantas

crie um arquivo (ou edite se jah existir) na raiz do servidor (pasta www ou public_html ou htdocs) o arquivo .htaccess

dentro dele adicione a seguinte linha

Options -Indexes

envie para o servidor e pronto! já deve estar bloqueado

INTERNAL SERVER ERROR - ERRO 500

21/11/2016 por Renato Dantas


INTERNAL SERVER ERROR - ERRO 500

O código 500 é um status de erro HTTP que indica uma dificuldade de processamento do servidor, a partir de uma incompatibilidade ou configuração incorreta em uma aplicação de um site.

O QUE CAUSA O ERRO 500?

Ele pode ocorrer por alguns motivos específicos, tais como:
Definição de parâmetros de forma incorreta através de um arquivo .htaccess;
Elevado uso de recursos ou timeout;
Permissões de arquivos incorretas (Linux);
Alto número de acessos simultâneos no site;
Erros de regravação de URL e de diretivas PHP.

Por padrão, permissões de diretórios serão 755 e arquivos 644 dentro do ambiente de hospedagem Linux. Em alguns casos, pode acontecer de tentar mudar as permissões dos arquivos e as mesmas não serem alteradas. O motivo é que o arquivo está com outro usuário dono (nobody ou root).

DEIXANDO O APACHE E O MYSQL MAIS RAPIDOS

05/01/2017 por Renato Dantas

NO APACHE VOCE PRECISA CONFIGURAR O ARQUIVO /etc/apache2/mods-enabled/mpm_prefork.conf
NO APACHE 1.X A VARIAVEL SE CHAMAVA MaxClients MAS A PARTIR DA VERSAO 2 SE CHAMA MaxRequestWorkers
TEM QUE LEMBRAR DISSO SE ESTIVER PESQUISANDO ALGO E VER ESSA VARIAVEL ANTIGA


NO DEBIAN PADRAO VEM A SEGUINTE FORMA:


StartServers 5
MinSpareServers 5
MaxSpareServers 10
MaxRequestWorkers 150
MaxConnectionsPerChild 0


NO CENTOS O ARQUIVO É OUTRO. É O /etc/httpd/conf/httpd.conf. NO GODADDY TINHA O SEGUINTE CONTEUDO

# MaxClients: maximum number of server processes allowed to start
# MaxRequestsPerChild: maximum number of requests a server process serves

StartServers 1
MinSpareServers 1
MaxSpareServers 5
ServerLimit 10
MaxClients 10
MaxRequestsPerChild 4000


# worker MPM
# StartServers: initial number of server processes to start
# MaxClients: maximum number of simultaneous client connections
# MinSpareThreads: minimum number of worker threads which are kept spare
# MaxSpareThreads: maximum number of worker threads which are kept spare
# ThreadsPerChild: constant number of worker threads in each server process
# MaxRequestsPerChild: maximum number of requests a server process serves

StartServers 1
MaxClients 10
MinSpareThreads 1
MaxSpareThreads 4
ThreadsPerChild 25
MaxRequestsPerChild 0

esenyurt escort avcılar escort sisli escort kayasehir escort kurtkoy escort kartal escort pendik escort kurtkoy escort kartal escort izmit escort maltepe escort kadikoy escort pendik escort Böcek İlaçlama
hacklink panel wordpress tema meme büyültme operasyonu hacklink satışı elektronik sigara hacklink
TAGS